quinta-feira, 14 de outubro de 2010

SENTIDOS



Com belas linhas para tecer
Me fisgou com seu olhar.
Arte deliciosamente esculpida
Me provoca seu modo de andar.
Não satisfeita me aproximo ao passo,
De escutar as batidas de seu coração.
Captaras toda minha palpitação...
– Há algo mais essencial?
Esperançosa para que não suporte
Resiste – só não sei até que ponto.
Aos poucos se despia das moralidades,
Minha língua já passa sobre seu corpo.
Retrato sua beleza entre as paredes,
                           [de braços ainda trêmulos.
E sinto o inferno vibrante sobre seu corpo.
Experimento seu sabor – pecado.
O prazer está arraigando sobre mim
Despenteando o jardim de flores
Ao provar seu beijo de jasmim.


Marcela Barreto